Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




visibilidade

por sapoprincipe, em 29.01.17

170129_Laerte_diva.jpg

Diva - Laerte [revista piauí]

170129_laerte.jpeg 

Laerte

170129_helena vieira.jpg 

Helena Vieira

170129_lea t_1.jpg

Lea T

170129_as_bahias.jpg

Raquel Virgínia e Assucena Assucena - Cantoras do As Bahias e a Cozinha Mineira

170129_mel gonçalves.jpg

Mel Gonçalves by Marcio Del Nero Cantora [banda Uó] apresentadora do programa Plural

170129_paulo_vaz.jpg 

Paulo Vaz [Nlucon]

29 de Janeiro - dia da Visibilidade TRANS

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 17:15

domingueiras

por sapoprincipe, em 29.01.17

170129_by_James Houston.jpg

by James Houston - Natural Beauty - modelo  David Agbodji

170129_federico_patellani.png

by Federico Patellani

Devem estar falando da beleza do garoto.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 14:21

quase uma imagem

por sapoprincipe, em 25.01.17

Vou pra rua e bebo a tempestade
Vou pra rua e bebo a tempestade
Vou pra rua e bebo a tempestade...
Cheguei em casa e não fui caminhar por que o sol ainda estava alto. Na hora de costume de sair, raios e trovões. Ia desistir. Depois pensei: ficar em casa não vai adiantar pq terei que desligar o computador (oscilações de energia) e estou mesmo - precisando - de um banho de chuva. Calcei o tênis e fui. Na outra rua as pessoas já começavam a correr para fugir da chuva e eu lá indo ao encontro dela. Começou a engrossar. Desço na passagem subterrânea - quase lotada de gente se escondendo - e saio do outro lado a tempo de ver um grande relâmpago. Trovão. Mais um pouco, outro relâmpago. Mas dessa vez, sem trovão.
Caminhava de braços abertos e mãos espalmadas para apreciar a chuva, mas no finalzinho da praia de botafogo já era chuvinha. Naquele trecho entre botofago e flamengo poucos pingos. Cheguei no flamengo já quase sem chuva. Andei mais um pouco e parou mesmo. Putz.
Fui até o meu primeiro ponto de retorno e voltei. Quase chegando em botafogo, de novo pingos de chuva. Dava até para sentir o ploc da gota na pele, mas molhar mesmo... nem. A camisa estava mais molhada mesmo era de suor.
Quase chegando na passagem subterrânea uma imagem digna de fotos, mas como era pra pegar chuva não trouxe o celular. "Céu SP", um rasgo de céu azul atrás do pão de açúcar que tinha só a pedra alta iluminada pelo sol e no cantinho um arco... ops, a ponta de um arco-íris. Lindo. Muito Lindo.
Depois da passagem subterrânea, o arco se mostrou inteiro. Mas, não passei debaixo nem encontrei a ponta. Então, não achei pote de outro e nem virei mulher, se acalmem. rs
Não tomei o banho que queria, mas foi... bonito. Só será bom quando acontecer o banho.
Então, no momento esqueço Chico Buarque e apelo pra Vanessa da Mata:
do que a gente precisa, é tomar um banho de chuva,
um banho de chuva.. Ai, ai, ai... Ai, ai, ai...

NB - 359 palavras / 1558 caracteres.
Da próxima é melhor levar o celular e tirar uma foto.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:26

domingueiras

por sapoprincipe, em 22.01.17

170122_des1.png

170122_des2.png

170122_des3.png

by Raymond Lo

Um sonho perdido - desenhar retratos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 11:09

padroeiro

por sapoprincipe, em 20.01.17

tião

170120_san-sebastian.jpg

Antonio Garcia [2014]
Gianluca Caplado [1985]

Guido Reni [1616]
Pietro Perugino [1510]

170120_oxossi.jpg

Shico

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:20

novelo

por sapoprincipe, em 19.01.17

Como um fio puxa o outro, me lembrei desta questão de cores, preferências e combinações.
Nunca soube muito como responder minha cor preferida. Mas minha resposta ficou definida numa discussão no tempo de faculdade.
Estávamos falando sobre combinações de cores e um colega comentou, peremptoriamente, que vermelho e preto era horrível. Ao que respondi, com o exemplo que citei no outro post, que uma mulher vestindo um pretinho básico com uma rosa vermelha na mão ou um colar de rubis seria uma composição elegante.
O papo avança e uso outra imagem - uma travessa de arroz decorada com orquídeas roxas (como tenho um amigo que faz coleção de orquídeas, na época, pude até abusar e dizer que seria uma - Cattleya labiata - branca com o labelo roxo - rs) sempre seria mais atrativa. Ai, os arroubos juvenis, rs.
A partir desse dia, começaram a dizer que eu gostava de roxo. E acabei por adotar como escolha, para ter uma resposta.
Embora eu preferisse mesmo plagiar Walter Gropius e responder que minha cor preferida é o colorido.
Ou fazer como um amigo que é vitrinista e responder:
- Para me vestir, gosto de beges e tons terrosos; para decoração da minha casa, o branco; e pra fazer vitrine, o roxo.
Diga-se de passagem, também na época da faculdade, ele fez uma vitrine de natal toda em roxo em minha "ômenage".

170119_roxo.png

E você, diga-me, qual é a sua cor preferida?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:51

Faaaaaala, Mangueira!

por sapoprincipe, em 17.01.17

Quando da postagem sobre a série Gilmore Girls, comentei da cozinha da Sookie e que eu gostaria, também, de fazer uma decoração em verde-amarelo. Ao que uma amiga (Oi, Terla) disse que iria me indicar a uma destas pessoas "politizadas" com o nacionalismo exacerbado. Como assim? Por que só eles poderiam gostar?
Estas combinações icônicas - verde/amarelo, vermelho/preto, verde/rosa -sempre geram apreensões, pois sempre se imagina a versão conhecida.
O verde/amarelo não precisa cair no verde bandeira e no amarelo ouro, tem variações aí para tirar o ar de bandeira. Veja a cozinha da Sookie [se alguém encontrar uma boa imagem, me envia, sff. Eu tentei, mas titio google não me ajudou nessa.].
Uma mulher vestindo um pretinho básico com uma rosa vermelha na mão não será Flamengo.
E o verde/rosa pode não cair no samba.
Há tempos, uma amiga me chamou pra fazer a decoração da sua sala. Algumas questões se colocavam - o ambiente precisava ser fresco, luminoso e aconchegante.
Com as peças que ela trazia do outro apartamento, o aconchegante ficava contemplado - neste item a cor clara não ajuda muito mas, como os móveis eram de madeira escura, contrabalançavam.
A cor clara resolvia o luminoso e, sendo uma cidade tropical, a opção pelo verde - cor fria - encaminhava o fresco.
Como ela havia passado por um problema sério de saúde recentemente, embora esta não seja a minha linha de trabalho, o verde ainda tinha a opção de escolha por ser uma cor curativa na cromoterapia. Assim, a opção pelo verde ficou definida e eu decidi compor com o rosa (caí na armadilha de que rosa é cor de mulher).
Um dia, a irmã dela me encontrou e questionou:
- Você irá mesmo usar verde e rosa?
- Sim, vamos usar verde e rosa, confirmei.
- Ai, que horror, vai ser Mangueira.
Conhecendo minha amiga e cliente, dei corda, pois sabia que ela não havia contado os detalhes.
E assim foi feito. Pintamos as paredes de um verde água clarinho e compomos com uma faixa de papel no roda-teto com uma estampa floral (mais uma vez o feminino?) em tons de rosa claro e salmão e folhas em tons de verde. Mandamos estofar a poltrona com um tecido rosa seco / bois de rose e o tecido do sofá de uma estampa com rosa também, complementado com almofadas do rosa da poltrona.
A poltrona tem um adendo ótimo, acho eu. Ela a encontrou jogada na rua. E decidimos aproveitar, claro, visto que era uma peça em ótimo estado e original dos anos 50.
Mais um detalhe, ela tinha uma mesinha com base de ferro e tampo de vidro. Como o espaço da sala não era grande e não caberia mesinhas dos dois lado do sofá, coloquei a mesinha na varanda mas, junto ao sofá. Para criar a ilusão de que a mesa dava apoio ao sofá, fazendo a sala parecer um pouco maior.
Assim, acho que consegui fazer uma sala verde/rosa sem que ficasse parecendo a Mangueira.
Inclusive, a irmã achou que ficou bom. ;c)

170117_sala_f_a.png170117_sala_f_b.png

170117_sala_f_c.png

NB – Se não me engano, não comentei com ela que um dos motivos
da escolha do verde era a saúde - criar um ambiente saudável e restaurador.
Descobrirá ao ler o post. Lógico que o restabelecimento dela se deve
à boa equipe de médicos que a atendeu. Se o verde contribuiu, não sei.
Mas atrapalhar, não atrapalhou, com certeza.

NB2 - o verde era claro, apesar da distorção da primeira foto.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:36

domingueiras

por sapoprincipe, em 15.01.17

170115_Saul_Craviotto-Carlos Perez.jpg

Atletas espanhois
Saul Craviotto & Carlos Perez

Muda-se o ângulo. Muda-se a visão.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 13:11

ano colorido

por sapoprincipe, em 10.01.17

Se quer inspiração para pintar a casa... cor do ano.
Para a internacional Pantone - Greenery. Um verdinho meio assim. Eles descrevem como " inspirado na natureza. Um tom fresco de verde-amarelado que evoca os primeiros dias da primavera em que os verdes da natureza revivem, restauram e renovam."
Dependendo da combinação sempre funciona. Já nos eletrodomésticos, não vejo fazendo grande sucesso por aqui, a não ser pro meu irmão. Ou, pra quem quer dar um arzinho retrô na cozinha. A geladeira da foto deve ser bem prática pela divisão.

170110_pantone1.png170110_pantone2.png

A cor do fogão e da geladeira estão bem distorcidas :c(

A Coral aposta no Mergulho Sereno - "azul é a cor que acalma e que está muito presente em nosso dia-a-dia, e o Mergulho Sereno é atemporal, versátil e combina com muitas cores". Apesar do textinho... a cor é interessante. Permite várias combinações, podendo ter um ar tanto descontraído como sofisticado.

170110_coral_1.png

171001_coral_2.jpg

A Sherwin Williams aposta numa cor terciária  que muitos irão chamar de neutro. Apostam na sofisticação, me parece. Consegui salva um gif deles com uma cartela mais alargada, mas não consigo postar. Dá erro. Então, segue o link pra quem for curioso. Tem propostas ótimas e todas com cores impregnadas de cinza para dar um ar mais sóbrio e sofisticado.

170110_sherwin-williams1.png

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 19:18

domingueiras

por sapoprincipe, em 08.01.17

170108_by_cedric_rouillat.png

by Cédric Rouillat

como foi de festas? as minhas foram ótimas.
estou aqui morta. rs

e que belo piso de... parquetone. vc pensou que eram tacos, eu sei. rs

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 13:14


Mais sobre mim

foto do autor


Posts mais comentados


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2005
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D