Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




azul - céu - #459fed

por sapoprincipe, em 08.06.16

160608_cartela.png

Apesar de estar circulando como piada, é a mais pura verdade... ou quase.
Tirando a criatividade poética dos nomes dos esmaltes, que foi uma boa jogada de marketing (afinal, já geraram várias propagandas gratuitas e o consumo de esmalte aumentou muito - pelos menos com a novidade de mais cores, tem rendido muitas idas à manicure - pesquisa sem fonte científica e sem certificação, mas apuradíssima) é um pouco por ali mesmo. Designer falando dos códigos de cores - ou as suas composições (forma de se chegar a cor correta - se eu disser azul, em qual cor vc pensa? Descreva aí o seu azul) e nos mais, se o homem não correr atrás com um treino, vai ficar ali no básico mesmo. As mulheres têm mais acuidade para cores.
A retina é composta por milhões de células altamente especializadas que captam e processam a informação visual a ser interpretada pelo cérebro. Umas dessas células são os cones. Temos cones sensíveis aos vermelhos e laranjas, aos verdes e amarelos e aos azuis e violetas. Sinais são levados ao cérebro para decodificação das cores.
Tanto é assim que os casos de daltonismo são mais frequentes nos homens.
Com treino do olhar, o trabalho frequente com cores, faz com que tenhamos mais discernimento. Podemos fazer milhares de combinações e ajustes percebendo as nuances e variações.
Mas, com as mulheres tendo geneticamente mais propensão e indo mais vezes à manicure e discutindo que esmalte querem usar, estarão sempre em vantagem.

 

NB - a imagem teve patrocínio - involutário - de Mônica Veado.

 

publicado às 18:19

arq-tipografia

por sapoprincipe, em 07.06.16

De volta ao começo.

arq-tipo001.gif

by Cláudio Luiz

rua Sen. Vergueiro

Flamengo/RJ

Esta foi a primeira imagem que postei da série, em 31-março - 2010.
Foi a primeira que me fez voltar o olhar para a "arq-tipografia" (nome inventado por mim, claro) com maior atenção.
Gostei/gosto da composição. Delicada, sutil. o "E" é maravilhoso. O "M" remetendo ao que diz - monte (3 morrinhos, como dizia minha professora do primário). O "P" já acho um pouco confuso. É de leitura clara, mas não tão clara quanto deveria ser o nome de um edifício. Acho. Tem também a dimensão, mas tanto isso quanto a delicadeza em contraste com a massa da construção em si, compõe. Tem a linha horizontal (mesmo que irregular) que se prolonga pelos desenhos nas laterais e em relação a largura do recuo em que foi colocado e a dimensão da porta da garagem, logo abaixo e o peitoril da janela, fazendo o limite visual da altura, compõe uma harmonia e equilíbrio.

160607_arq_tipografia001.png

by Cláudio Luiz

Deveria ter passado lá para tirar nova foto,

pois já refizeram a pintura da fachada.

publicado às 15:18

eu, tu, eles

por sapoprincipe, em 06.06.16

"O tempo passou na janela..."

160606_by paul brouns.jpg

by Paul Brouns

janela de apartamento parece história em quadrinho

d'après Drops da Fal

publicado às 15:06

olhos nos olhos

por sapoprincipe, em 05.06.16

Depois da postagem de ontem no feissy (Ganhei, há pouco, um olhar. E não era inocente.), lembrei-me da Marcinha. Uma amiga que há tempos não vejo.

160605_marcia_livreto.png

Houve época que computador ainda não era coisa que todo mundo tinha, não tinham criado o indesign, nem impressora a laser.
Então, um amigo conseguiu as matrizes, eu fiz a diagramação (a fonte é melhor que a helvética, não é Juliana?), uma amiga, professora, levou para rodar no mimeógrafo da escola e juntamos meia dúzia de oito para a montagem. Depois, surpreendemos a Márcia no dia do aniversário com o Folhetim (a intenção era vender e angariar fundos para uma publicação à sério, mas não conseguimos :c(
O papel era craft - acho que era mais querendo que ficasse bonitinho que propriamente uma preocupação ecológica - e como já faz tempo está meio apagado e o fotógrafo não é bom, mas para quem não conseguiu ler: da esquerda pra direita, sentido horário.
Folhetim Márcia - 1980 - no selo - sem censura prévia (estávamos no interior, mas não podíamos deixar de marcar posição em relação a ditadura)

"Por favor, olhe-me bem dentro dos olhos até que seja pecado."

"Meus dedos querem te tocar
Minha boca sente agonia
meu corpo te quer agora
meus olhos te guardariam
te olhariam até o fundo...
e eu te quero
até que seja pecado..."

"Quem poderia me amar olhando o céu, olhando a luz do lampião?
Me cobrir a noite, me acordar com beijos e com café...
Quem poderia me ter nos braços com
pensamentos puros, numa realização concreta...
colhendo flores, colhendo frutos, ascendendo o fogo, reunindo o gado...
Plantando a horta, cuidando das galinhas , chegar dizendo:
- trouxe o leite, amor..."

Ia postar só o primeiro, mas não resisti. O quarto entrou por que achei que era a cara da Beth S.

publicado às 17:00

baleiro

por sapoprincipe, em 03.06.16

...estou tão cansado Mas não pra dizer...

160603_baleiro03.jpg

transbordando... toda a raça e emoção

(correu aqui o dial da rádio cabeça, mas já sintonizei de novo)

d'après Frida Helê

publicado às 13:31

Junho

por sapoprincipe, em 01.06.16

como a Luciana cumpriu a parte dela, post novo - rs

160601_junho1.png

Juno, Ricardo (não primo do Cabral), Fogueira, Quadrilha, Quentão, Pé-de-moleque, Língua Portuguesa (minha pátria é minha...), Namorados (ah, o amor), Sardinhas, Fernanda OLÉ! Melo, Santo Antônio, dia do Turista (oi, Mari - minha ministra do turismo), Alípio, São João (ainda quero ver as do nordeste (a espera do convite da Luciana - parênteses dentro do parênteses, oi, Monix), mas a festa no Porto/Pt já sei que é maravilhosa), Solstício, São Pedro e São Paulo, Liana (a irmã que a Luciana explora muito), Pescador (dando o peixe e ensinando a pescar), Caminhoneiro (este injustiçado poeta de parachoque), Lu.

NB - os santos entram na lista pela festa, nada a favor das igrejas.
Patrocínio - Helô Banana.
Luciana, comente só se quiser.
Dois no mesmo dia é abuso.
Tá liberada da obrigação, mas apareça sempre.
É sempre bem vinda.
Ah, até justifiquei o texto, por via das dúvidas.
rs

publicado às 12:00

Pág. 3/3



Mais sobre mim

foto do autor


Posts mais comentados


Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2005
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D