Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




blue azul

por sapoprincipe, em 25.04.18

azul - parte 2

180424_azul.png

Deus gastou todo seu estoque de corante azul na imensidão do céu e do mar. Quase não há azul na natureza. As flores já citadas (algumas bastante arroxeadas), as pedras, e no reino dos animais - alguns poucos pássaros e as asas de algumas borboletas. Tá, tudo bem, o azul da pena do pavão vale por muitos azuis. Não é, Vera?

Jodhpur (Índia) e Xexuão (por vezes chamada Barraxe ou Barraxá - Marrocos) tem como um dos atrativos turísticos suas casas e ruas pintadas de azul, também conhecidas como "Cidade Azul".
Olha aí, Mariana, a cor interferindo no turismo.

180425_Xexuão_marrocos.jpg

Xexuão - Marrocos

No Islã, o azul significa proteção. No norte da África e Grécia também. Taí o "olho grego" que não me deixa mentir (nem invejar. rs).

180425_olho grego.jpg

Não é só na física (vide post - Eleito (azul parte 1), no cinema também - Azul É a Cor Mais Quente (Léa Seydoux, Adèle Exarchopoulos. Direção: Abdellatif Kechiche - 2013).
A Liberdade é Azul (da trilogia Trois couleurs: Bleu. Direção: Krzysztof Kieslowski - 1993).
Marlene Anjo Azul Dietrich (Der Blaue Engel. Dirção: Josef Von Sternberg - 1930).

  180425_Marlene_Dietrich_1.jpg  180425_Marlene_Dietrich_2.jpg

Azul, também, pode ser apenas memória.
"E aquela num tom de azul quase inexistente, azul que não há/Azul que é pura memória de algum lugar". Caetano Veloso (Trem das cores - Sem contar o cult Araçá Azul de 1972)


"O azul é, em certo sentido, a cor do equívoco, da incerteza."
"L’heure blue é o momento entre o trabalho e a diversão, entre o dia e a noite, entre zonas de existência, entre um tipo de vida e outro, um tempo definido por transitoriedade e fugacidade."

"Ter um sonho todo azul
Azul da cor do mar". Tim Maia
Em 1958, Yves Klein "escreveu para o Secretário-Geral do Ano Internacional de Geofísica das Nações Unidas, propondo a criação do Mar Azul, para se juntar ao Mar Vermelho e ao Mar Negro." Aí não seria só a cor, mas também o nome.
Mas, o louco do Klein também sugeriu que criassem a bomba de cobalto e a pintassem no azul que ele criou. Bola totalmente fora.

Cor da paz. Cor das grandes instituições e organismos internacionais - ONU - UNESCO - OCDE - OMS - Conselho da Europa.
Facebook, Twitter, Tumblr, Instagram, Linked in, também. Não sei se todos, mas mininu mark, com certeza, gostaria de dominar o mundo.

A rainha da Inglaterra, o rei da Suécia, o presidente alemão nas grandes cerimônias usam uma faixa feita de seda chamalote - azul-celeste.
É assim a “faixa azul”, em inglês blue ribbon.

Na França - famosa entre outras coisas pela sua culinária cordon bleu se tornou um divertido sinônimo de excelência na cozinha. Tendo destaque o filé au Cordon Bleu (filé recheado de presunto e queijo).

Ritmo musical.
"Nos primeiros anos do século XX, uma grande variedade de tradições musicais tomava corpo entre a população afro-americana dos Estados Unidos, para formar o estilo que hoje conhecemos como blues: canções de lamento ou de queixa, usualmente relacionadas com condições sociais precárias ou, mais regularmente, amores perdidos. O uso do termo blue entre os negros americanos para descrever um estado de espírito de infelicidade foi registrado pela primeira vez em 1860".
Mas a ligação de cor e música vem de longe. Na antiga Grécia o termo “cromático” para a escala musical ligava as duas coisas: alguns acreditavam que um som musical teria uma cor, da mesma forma que existia nas dimensões de ritmo e tempo.
Vários pensadores e artistas fizeram esta ligação.

Se quiser cantar:
"“Blue Gardens” (Jardins azulados). “Blue Valentines” (Namorados tristes). “Blue Kisses”(Beijos melancólicos). “Blue Velvet” (Veludo azul). “Blue and Sentimental” (Triste e sentimental). “I’m Blue” (Estou triste). “Love is Blue”(O amor é azul ou O amor é triste). “Way to Blue” (Um caminho para a melancolia). “Blue on Blue” (Tristezas sobre tristezas). Blues. Triste. Uma palavra bonita de dizer – e de cantar, com sua explosiva consoante dupla, em inglês, imediatamente suavizada por uma longa vogal. “Born to Be Blue” (Nascido para ser triste). “Midnight Blue” (O azul da meia-noite). “Almost Blue” (Quase azul). “Blue Moon” (Lua azul ou Lua triste). “Blue Angel” (Anjo azul). “Blue Trains” (Trem azul). Notas do blues, é claro: as terças e sétimas menores do blues. Nenhuma cor saturou tanto a música nos últimos cem anos, e ao mesmo tempo permitiu tantos diferentes tons."
A lista saiu do livro sobre o Álbum Kind of Blue do Miles Davis (que tem tradução da Fal). E poderia entrar também Rhapsody in Blue, de George Gershwin.

Se quiser cantar em português:
Azul - Djavan.
Eu não sei
Se vem de Deus
Do céu ficar azul
Ou virá
Dos olhos teus
Essa cor
Que azuleja o dia
...
O amor é azulzinho. (Na voz da Gal vira amor verdadeiro.)

" Azul, a cor do paraíso e do desespero, da distância e da intimidade, não tem resoluções fáceis." (na bela tradução de Fal Azevedo).

Notas:
Livros utilizados para produção do texto:
Frase, Tom - Banks, Adam - O Essencial da Cor no Design
Goethe, J. W. - Doutrina das Cores
Heller , Eva - A Psicologia das Cores
Pastoureau, Michel - Dicionário das Cores do Nosso Tempo
Queiroz, Mônica - A Cor Incorporada ao Ensino de Projeto.
Williams, Richard - Kind of Blue Miles Davis e o Álbum que Reinventou a Música Moderna (tradução de Fal Azevedo)

publicado às 15:49


1 comentário

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 25.04.2018 às 16:18

Ai, que coisa linda!
Amei demais a pesquisa e sua maestria para juntar referências e sensibilidade!

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor


Posts mais comentados


Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2005
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D