Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



arq-tipografia

por sapoprincipe, em 04.12.19

191204_arq-tipografia_porto.jpg

by cláudio Luiz

Rua do Almada - Porto - Portugal

publicado às 18:01

arq-tipografia

por sapoprincipe, em 30.01.19

190130_arqtipografia_01.jpg

190130_arqtipografia_02.jpg

190130_arqtipografia_03.jpg

190130_arqtipografia_04.jpg

by Telina
Tijuca - Rio de Janeiro

Tempos sem postar arq-tipografias, mas não posso deixar de celebrar o auxílio luxoso e carinho de Telinha Cavalcanti.

publicado às 12:10

arq-tipografia

por sapoprincipe, em 28.06.16

160628_arqtipo004_02.png

Pça Jose de Alencar

Largo do Machado - Rio de Janeiro

Gosto bastante desta fonte. Tem um desenho alongado. A parte superior da letra é bem menor que a inferior - isto fica bem claro nas curvas dos "S", embora se repita em todas - tanto no "K" como no "M". A palavra "edifício" não é na mesma fonte.
Mais do que gostar, ela me intriga. Imagino eu, que apesar do "K" esta se referindo mesmo ao Cosmos. Planetas. (como a construção não é dos anos 80, não pode ser pelo programa de tv)
Toda a grafia é em caixa alta - tanto de "edifício" quanto de "Kosmos". Por que os "o" são tão pequenos em relação ao restante? Com isso acabam em ficar mais em destaque. O que poderia ser intencional - cosmos/planetas. O "o" círculo / esfera / planeta. Ou seria um mero erro na execução ou separação das letras. Fabricou todas em caixa alta e o "o" em caixa baixa. Ou na hora de separá-las para enviar para a colocação pegou os "o" na caixinha errada? E os "o" de "Kosmos" não são do mesmo tamanho do "o" de edifício. Chute aí a sua hipótese. Faça esta viagem pelos cosmos. Seja viajandão. rs

arq-tipo002.gif

Pça José de Alencar
by Cláudio Luiz
Originalmente segunda arq-tipografia
postada em 27 / abril / 2010

publicado às 06:54

arq-tipografia

por sapoprincipe, em 21.06.16

160621_arqtipo003_40.png

n. s. de copacabana

Esta entra na minha lista de preferidas. Por ser das primeiras que foram puxando o meu olhar. Por isso terá destaque e não entrará no bloco de scripit / caligráfica cursiva.
Parece mesmo uma assinatura feita com caneta tinteiro. Mais a delicadeza dos ornamentos. Os floreios criam uma imponência maior ao diminuto e delicado nome. Até para criar peso frente ao portão - que, apesar dos arabescos e anéis da grade, fica pesadão pela chapa fechada embaixo. Ao mesmo tempo criando uma "moldura" para o nome, dá quase pra ver um coração (meio distorcido) puxando o olhar para o centro.

160621_arqtipo003_b.png 

by Cláudio Luiz

Copacabana - Rio de Janeiro

Originalmente quadragésima arq-tipografia
postada em 29 / junho / 2011

publicado às 12:06

arq-tipografia

por sapoprincipe, em 14.06.16

160614_arq_tipografia002.png

by Cláudio Luiz
Praia do Flamengo
Flamengo/RJ

O movimento Art Déco que teve seu início nos anos 20 do século passado (acho tão chic falar século passado, tendo inclusive nascido nele) na França acabou por influenciar, de maneira mundial, as artes decorativas, o design de interiores, gráfico, industrial, pintura, cinema e a arquitetura.
No Rio, um dos destaques do Art Déco é o Edifício Biarritz, projetado em 1940 pelos arquitetos franceses Henri Paul Pierre Sajous e Auguste Rendui, na Praia do Flamengo. Chama atenção os balcões arredondados que possuem dupla curvatura e detalhes frisados na massa e esplêndidas grades, com detalhes decorativos bem característico do estilo. Sua fachada, tida como futurista, não deixa, pra mim, de em certos ângulos ter mesmo este ar futurista por, inclusive, lembrar o senado de Star Wars (Obrigado, Renata Lins).

160614_star wars - senate.jpg

A arq-tipografia, apesar de sua elegância, não me remete de pronto para um tipografia reconhecida como Art Déco. Talvez, por ser uma fonte serifada. Contudo, sua forma delgada e longilínea, as terminações com linhas diagonais nas letras "E, F, C, T, Z", a perna do "R" e o "O" inclinado não deixam de fazer a ligação.
Foi a terceira postagem da série.

 

100506-biarritz.gif

by Cláudio Luiz
originalmente em 6 - maio - 2010

NB - nas postagens originais só constavam a foto de destaque da arq-tipografia.

publicado às 13:34

arq-tipografia

por sapoprincipe, em 07.06.16

De volta ao começo.

arq-tipo001.gif

by Cláudio Luiz

rua Sen. Vergueiro

Flamengo/RJ

Esta foi a primeira imagem que postei da série, em 31-março - 2010.
Foi a primeira que me fez voltar o olhar para a "arq-tipografia" (nome inventado por mim, claro) com maior atenção.
Gostei/gosto da composição. Delicada, sutil. o "E" é maravilhoso. O "M" remetendo ao que diz - monte (3 morrinhos, como dizia minha professora do primário). O "P" já acho um pouco confuso. É de leitura clara, mas não tão clara quanto deveria ser o nome de um edifício. Acho. Tem também a dimensão, mas tanto isso quanto a delicadeza em contraste com a massa da construção em si, compõe. Tem a linha horizontal (mesmo que irregular) que se prolonga pelos desenhos nas laterais e em relação a largura do recuo em que foi colocado e a dimensão da porta da garagem, logo abaixo e o peitoril da janela, fazendo o limite visual da altura, compõe uma harmonia e equilíbrio.

160607_arq_tipografia001.png

by Cláudio Luiz

Deveria ter passado lá para tirar nova foto,

pois já refizeram a pintura da fachada.

publicado às 15:18

arq-tipografia

por sapoprincipe, em 31.05.16

Uma amiga (oi, Dedeia), quando comentei do lançamento do livro, me sugeriu que eu fizesse um post na outra semana e aproveitasse para sugerir que seria um ótimo presente de aniversário. Perdi o timing. #masficaadica

No final de março, foi lançado no Rio o livro "Letreiros", de Mari Stockler e Marcus Wagner que dizem: "São 162 fotos novas e antigas, de letreiros emblemáticos que ainda existem ou que já foram retirados, mas que contam a história visual das ruas da cidade. Como esquecer o letreiro da boate Help, em Copacabana, com aquelas perninhas dançando em néon? Ou da Chaika, em Ipanema? Das Perucas Lady, em Copacabana? O traço Art Déco do letreiro do Bar Paladino, no Centro?"
Uma outra maneira de encarar a "arq-tipografia".
Se eu tivesse um bom padrinho, poderia também lançar um livro.

160531_fernandaS_by roberto filho.JPG

Fernadinha e Fernanda com os seus exemplares.
By Roberto Filho

 

160531_letreiros_bobs_1974.jpg

Bob's - Foto do livro.
Porque morei em frente ao primeiro Bob's do Rio
e fui feliz lá naquele apartamento (Oi, Márcia)

Ou, se tivesse disposição para academia (até teria, na realidade, o ponto é outro) poderia também seguir os passos de D’Elboux e fazer uma mapa do Rio. Já teria meio caminho andando. Embora, provavelmente, expandisse para além do Déco.
Diz ele: " As referências tipográficas encontradas no espaço público de São Paulo revelam parte da história da cidade" (ele poderia ser menos modesto e ampliar este leque aí. Revelam de muitas cidades.)
"O piso de mosaico estilo Art Nouveau com o monograma da família Álvares Penteado, na Vila Penteado; as letras Art Déco na entrada do Estádio do Pacaembu; as inscrições caligráficas encontradas no cemitério São Paulo; e a moderna Biblioteca de São Paulo, com suas enormes letras que lembram antigos tipos metálicos para impressão, são alguns dos exemplos de como a tipografia se encontra entrelaçada à arquitetura na cidade." Daqui.

160531_Pacaembu by d_elboux.jpg

Déco SP - by D'Elboux

 
Já para o Rio, de uma forma bem mais restrita - meu foco são prédios residenciais -, vou fazer uma seleção da seleção do "Arq_Tipografia" e republicar aqui a série de forma mais seguidinha (tentarei postar uma a cada semana), para que possam ter uma pequena visão de forma mais fácil.

publicado às 11:10


Mais sobre mim

foto do autor



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2005
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D