Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



do bem

por sapoprincipe, em 27.05.18

"uma reação anormal
numa situação anormal
é um comportamento normal"

__________________________________________________ Hannibal

 

"Não há limite no anormal
É que nem sempre o amor
É tão azul"

________________________________ Fred Martins / Alexandre Lemos

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:42

cores negras

por sapoprincipe, em 06.03.18

Agora que a minha opinião não poderá influenciar o Oscar... vamos falar de Pantera Negra.
No cinema, nada é por acaso. Seja da escolhas dos atores à cor do fundo de cena.
Um filme com direção e elenco predominantemente de negros é algo para ressaltar sim. Pra isso, temos o depoimento da Helê no Duas Fridas e, também, este texto do Fábio Kabral, indicado pela Laura Guimarães.
Para exibir sua exuberância, o filme tem muitas outras qualidades. Da atuação à beleza dos atores, cenários e figurinos. Inspirados numa África que é plural nos plurais.
Não tenho como avaliar o quanto das escolhas dos figurinos entram no gosto da maioria branca. Eu achei maravilhosos. Só não me surpreenderam mais por conta de, nos últimos tempos, ter encontrado, internet à fora, vários artistas africanos contemporâneos que me impressionaram por demais.
Embora não dá para ter dúvidas de que usaram de interpretações clássicas para as cores. Tema que tem sido, cada vez mais, meu foco aqui.

180306_panteranegra_01.jpeg

Isso fica claro na escolha do roxo para Zuri (Forest Whitaker), inclusive é a cor da bebida da cerimônia de coroação do rei; o branco no contato com o divino (passagem para o outro mundo) e me fez lembrar do post daqui "deu branco" - cor do início - pois é quando eles iniciarão seus reinados (mas isso foi só coincidência, acho eu);

180306_panteranegra_02.jpg

os vermelhos para a guerreira Okoye (Danai Gurira - a chefe da guarda de Wakanda) e suas "meninas"; os tons terrosos de M'Baku (Winston Duke) ", por que será?

180306_panteranegra_03.jpg

180306_panteranegra_04.jpg

Foge ao esquema o caso de T'Challa (Chadwick Boseman), afinal, ele não tinha como fugir do preto. Mas, Erik Killmonger (Michael B. Jordan) tem um uso de preto também acentuado, além de marrons e tons cinzentos (queriam dar um aspecto meio sujo, não?). Mas, no duelo entre os dois de Pantera, um tem efeitos de roxos - elevação - e o outro de marrons. 

Preciso rever o filme para acertar o tom de Shuri (Laetitia Wright), pois me perdi nos figurinos mais moderninhos - eram pra mostrar seus conhecimentos e idade? (rs) e definir o padrão de verdes e ouro para a engajada Nakia (Lupita Nyong'o).
Como bem diz Frazer e Banks: Não importa se é um longa-metragem de Hollywood, um comercial de batom ou um curta alternativo, espera-se que o filme seja um texto de múltiplas camadas e que a cor represente uma importante camada de significado.
Independente se vc tem isso claro ou não.
Putz, o filme foi lançando agora, só irá concorrer em 2019...  e agora?
eheheheheh

NB 1 - " Muita coisa já se remexeu aqui dentro logo nos primeiros minutos. ...
Nunca permita que diminuam a importância que o filme tem para você.
Não precisa explicar pra ninguém. Quem sentiu, sentiu. ...
A ficção causa explosões de inspiração e força para lutar as batalhas no mundo real.
A ficção tem esse poder de nos reconectar as nossas lendas ancestrais.
Nunca permita que ninguém diminua a importância que o filme tem para você.

Esse filme é uma declaração de amor a todas as pessoas pretas no mundo."
Fábio Kabral
NB 2 - Hoje, no mailing do Meio, vi esta brincadeira aqui
Legally Black - novas versões dos cartazes do cinema -
(trocadilho com o "Legalmente loira"). No caso do Pantera...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:58

decor XVII

por sapoprincipe, em 22.02.18

"Entraram na sala de mãos dadas, dois selvagens nus numa selva de espelhos de moldura dourada e escrivaninhas Luís XV.
Pierson já estava instalado em seu lugar, no canto do aposento: uma vasta bergère de couro que parecia engoli-lo, tornando-o ainda mais magro e mais murcho do que já era. À sua direita estava a vitrola, com o sexteto de Brahms girando no prato. À sua esquerda, um aparador baixo de mogno, coberto de caixinhas laqueadas, estatuetas de jade e outros bibelôs dispendiosos. Era uma sala cheia de nomes e objetos inamovíveis, um encrave de idéias."

O Livro das Ilusões - Paul Auster

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:18

muitas versões

por sapoprincipe, em 20.02.18

180220_arq1.jpg

 

Vi esta postagem na página da Samanta, depois a Fernanda me enviou e só consigo pensar em como a pessoa que postou não entendeu o conceito de amizade, nem de arquitetura (embora saiba que certas postagens na internet não são confiáveis). Não tenho dados para avaliar se o valor tá caro ou barato. Para fazer o que foi feito com o "aprendizado" de dois dias estaria extremamente alto, acho eu. Para fazer um projeto como se deve...
Tem muitas variáveis em um projeto. Um mesmo espaço e com a mesma área construída é possível fazer projetos para gostos e valores bem diversos.

180220_arq2.jpg

Nesse caso nem tô julgando solução. Lógico que a solução toda reta será uma construção mais econômica, que poderia ser o que melhor atenderia ao amigo ou cliente. Mas, até mesmo nesses casos tem outros fatores a levantar em conta - implantação, por exemplo. A piscina está locada de forma a ter o maior tempo de sol? Os quartos estão voltando para o sol matinal? Tem áreas de ventilação suficiente para tornar a casa agradável sem que o ar condicionado tenha que estar no talo o dia todo? E por aí vai.

180220_arq3.jpg

Esta é só brincadeira, mas que eu achei um excelente exercício. Lógico que a casa construída não é a versão mal executada do projeto - infelizmente é a nossa realidade. Pessoas que precisam de moradia e têm que improvisar já que não têm condições, nem um apoio melhor do estado. Mas, fica claro que se tivesse um projeto, pensando em conjunto, equilíbrio, proporção (sem contar a melhor solução interna para atender as necessidades do cliente), algumas construções poderiam ser melhores de forma simples. Arquitetura é bem mais do que definir posição e dimensões de paredes.
Então, pensem nisso quando pedirem um favor a um amigo ou forem contratar um profissional.

NB - com o auxílio luxuoso do Carlos, que achou a imagem pra mim.

Brigadim.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:56

escolhas

por sapoprincipe, em 26.01.18

180125_copiar.png

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:54

simone

por sapoprincipe, em 10.12.17

171210_barra_natal.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:06

quereres

por sapoprincipe, em 05.12.17

171205_queria.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:20

encadeamento

por sapoprincipe, em 22.11.17

"Os restos de termas romanas constituíram uma vasta herança de material arquitetônico.(...) Seus vestíbulos abobadados tornaram-se protótipos para edifícios públicos na era das estradas de ferro."
Como uma das maneiras de memorização é fazer ligação entre o fatos, este aqui é fácil. É só lembrar do Welber - historiador... ferrovias... trenzinho... gare.
E a Termas, onde entra? Tendo lido as postagens do Welber, não é difícil perceber como ele é... deixa pra lá. eheheheh

171122_Pensylvania Railroad Station - Nova York.pn

Pensylvania Railroad Station - Nova York (foi demolida em 1965)
Projeto de McKim, Mead e White.

171122_Termas_Caracalla_1.jpg

171122_Termas_Caracalla_2.jpg

Termas de Caracalla
O que eles imaginam que era e as ruínas que sobraram.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:29

sinapses

por sapoprincipe, em 20.11.17

O mar mais bonito:
é aquele que não foi descoberto ainda.
A criança mais bonita:
não cresceu ainda.
Nossos melhores dias:
são aqueles que não vivemos ainda.
A palavra mais bonita que quero lhe dizer:
é aquela que não disse ainda...

Nazim Hikmet

Jura Secreta - Suely Costa

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:47

desafinado

por sapoprincipe, em 19.10.17

Conversando com uma querida amiga fui citar o verso de uma música e "cantei":
dinheiro sempre há de pintar por aí...
Agora, resta esclarecer que "Como?" é um...
MISTÉRIO.
eheheheheheh

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:55


Mais sobre mim

foto do autor


Posts mais comentados


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2006
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2005
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D