Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




temporada

por sapoprincipe, em 16.02.22

220216_serie_1.png

Minha fuga continua sendo séries de adolescentes. Histórias previsíveis que não preciso prestar muita atenção. Foco, cadê você?
Como no youtube tem várias dessas séries disponíveis, apelo.
Enredos que poderiam ser melhores desenvolvidos, interpretações ruins e legendas sofríveis não é algo raro. Mas não tem quem adora filmes trash? Então, não julguem. rs
Não faltam páginas que repostam os vídeos a procura de cliques que lhe rendam algumas moedas. Blogs e sites com críticas e traduções dos livros que inspiraram as séries. BL (boys love)/doramas é um nicho grande, parece. Logicamente, por ter acessado meia dúzia de blogs e visto alguns comentários não é suficiente para que eu possa quantificar o público, mas dá para entender que existe mercado. Por isso estranhei a opção da globo de acabar com “malhação”. Com a qualidade que as novelas globais tem, não deve ser difícil vende-las (sei que são, estou falando desse nicho – novela juvenil – especificamente).
Por não precisar prestar tanta atenção no desenrolar da história para entender toda a tramas, me perco observando outros detalhes. As falhas na continuidade (cena pós briga que o adolescente tá lá com corte no rosto sagrando, isso por um briga com 2 socos, e no meio da conversa aparece com a cara limpa, depois volta o sangue), nos beijos de boca fechada, quando não é só os atores inclinando a cabeça e a câmera pegando de um ângulo que sugere um beijo, mas, provavelmente, os lábios não estão nem se encostando. Pensando nas cenas de beijos e sexo de novelas brasileiras e espanholas, talvez, essa possa ser uma dificuldade de acessar o mercado asiático.
Para não focar só nos erros, meus olhos deslizam para outros pontos.
Fico pensando se algumas séries não são de filhos de papai que decidiram cursar cinema e como exercício filmaram para a internet. Pois algumas casas usadas como cenário, se não é de alguém envolvido no filme, deve custar um bom dinheiro para locação e não me parece que tenham tanta verba disponível. Embora, algumas tenham patrocínio de sucos/refrigerantes e marcas automobilísticas – com merchan incluído em algumas cenas.
As casas do “núcleo rico” tem um decor contemporâneo (poderiam estar em qualquer revista ocidental) ou clássico (algumas parecendo mais casa da avô dos anos 60 com seus móveis antigos de madeira escura e molduras trabalhas e sofás de couro com cantos arrendondados), essas parecem paradas no tempo.
Logicamente, os celulares das séries coreanas são todos Samsung. Notebooks Vaios. Acho que só vi apple em uma. Diferentes dos filmes desse lado da bola (a terra não é plana) que não tem cena de computador que a “maça” não seja a marca.
As cenas com comidas – que são até comuns – me despertam fome, mas o barulho pra puxar o macarrão não gosto, não - rs. Cultura – os chineses com os palitinhos e os tailandeses usando colher e faca, quando, normalmente, usamos faca e garfo.
E assim vou me distraindo.

 

 

publicado às 22:00



Mais sobre mim

foto do autor


Posts mais comentados


Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2014
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2013
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2012
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2011
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2010
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2009
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2008
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D
  222. 2007
  223. J
  224. F
  225. M
  226. A
  227. M
  228. J
  229. J
  230. A
  231. S
  232. O
  233. N
  234. D
  235. 2006
  236. J
  237. F
  238. M
  239. A
  240. M
  241. J
  242. J
  243. A
  244. S
  245. O
  246. N
  247. D
  248. 2005
  249. J
  250. F
  251. M
  252. A
  253. M
  254. J
  255. J
  256. A
  257. S
  258. O
  259. N
  260. D


Links

Os meus links